Igreja Batista Getsemâni

Grupo Itaquerê entra com pedido de recuperação judicial

O deferimento do Pedido é esperado para os próximos dias

Ícone Press

A crise econômica que atingiu o Brasil nos últimos anos comprometeu a saúde financeira de empresas de diversos setores. Segmentos como a agricultura que ainda sofrem com a influência do clima e adversidades na produção, além da variação cambial, também foram atingidas. É o caso do Grupo Itaquerê que entrou com o pedido de recuperação judicial com um passivo de R$ 482 milhões. O deferimento do pedido é esperado para os próximos dias.

 

Os altos juros e a alta do dólar, levando a uma variação cambial passiva, acima do suportável, além das safras com baixa produtividade, resultaram no aumento do endividamento do Grupo Itaquerê, que atua em Mato Grosso há mais de 30. A sede do grupo é em Primavera do Leste, com atividades também em pelo menos outros cinco municípios. O grupo atua principalmente na agricultura com o plantio soja, algodão e milho, com experiência ainda na produção de energia elétrica.

 

De acordo com o advogado Euclides Ribeiro, da ERS Consultoria e Advocacia, responsável pelo processo de Recuperação Judicial do Grupo Itaquerê, em 2005 e 2006, diante da crise que recaiu sobre o setor do Agronegócio, a empresa não ficou imune. Iniciou ainda em 2005 uma negociação maciça com seus fornecedores para encontrar meios de continuar produzindo, ou seja, já buscou meios que entendia necessários à solução da crise econômico-financeira vivenciada naquela data.

 

“Apesar de 33 anos de história e de todos os esforços para quitar seus compromissos junto aos credores não restou outra alternativa senão ingressar com o pedido de Recuperação Judicial. Infelizmente o pedido é reflexo da situação real do campo no Brasil. E esperamos que o Poder Judiciário nos auxilie a intermediar uma negociação coletiva com os credores trabalhadores e fornecedores”, defende.

 

A partir do deferimento do Pedido de Recuperação Judicial, o processo tem continuidade com a elaboração do plano de recuperação, em que a empresa expõe as dívidas e a proposta de pagamento aos credores e que será conduzido pela Devant e MLUZ Captial. E após 60 dias em que o pedido é deferimento pela justiça ele é apresentado e apreciado em assembleia. Assim que aprovado, o Plano é homologado na Justiça e começa a ser executado.

 

Grupo Itaquerê – Com sede em Primavera do Leste, o grupo atua há 33 anos, no plantio de soja, milho, algodão, beneficiamento de algodão, deslintamento de sementes de algodão, geração de energia, armazéns gerais, concessão de rodovia, construção de PCHs, rodovias e pecuária em 16 municípios de Mato Grosso e Rondônia, empregando 735 colaboradores.

 

O grupo ainda é formado pelas empresas: Agropecuária Itaquerê do Araguaia LTDA, Agropecuária Rancho Fundo do Itaquere LTDA, Participações e Empreendimentos EBHB LTDA, Participações e Empreendimentos Jucarama LTDA, Participações e Empreendimentos Piraguassu LTDA, Participação e Empreendimentos Rio Suiá LTDA, Rio Suiá Enterprises LLC, Enercoop LTDA, Independência Armazéns Gerais e Silos LTDA, Itaquerê e Agro Industrial LTDA, atuantes nos segmentos da agricultura, pecuária, geração de energia, armazenagem e comercialização de grãos, indústria algodoeira e de beneficiamento de grãos, entre outros.


Fonte: ERS Consultoria & Advocacia

Visite o website: http://ersadvocacia.com.br